|HOME | ABOUT | MARIA | ANTÓNIO | PORTFOLIO | FEATURED ON | FAQ | FEED | PINTEREST | FACEBOOK | LINKS | TRANSLATE | EMAIL|

11.10.12

* contextile 2012 *

Contextile 2012 | GuimarãesContextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães Contextile 2012 | Guimarães



"A CONTEXTILE 2012 é uma trienal de arte têxtil contemporânea. É caracterizada por uma exposição internacional, resultado de um concurso competitivo, a que se juntam eventos paralelos como exposições satélite, residências artísticas, performance, conferência e intervenções de arte publica. O objectivo é criar diálogos entre os artistas, as obras de arte e acidade, promovendo o desencolvimento da arte têxtil local, nacional e internacional."



Localizada em vários espaços da cidade de Guimarães, a Trienal de Arte Têxtil Contemporânea, a Contextile está integrada no evento Guimarães Capital da Cultura e pode ser visitada até ao dia 14 de Outubro.

Sábado passado agendámos finalmente a visita e rumámos a terras Vimaranenses.

A mostra que reúne um número considerável de obras está patente na Casa da Memória, tendo estas sempre como fio condutor do discurso artístico, o elemento têxtil. Estão expostas peças únicas provenientes de vários países,  representativas das várias abordagens estéticas relacionadas com o universo têxtil. Entre elas, chamou-me particularmente a atenção uma leitura de cariz arrojado, do Bordado de Guimarães,  feita pela artista Monika Järg numa parceria com as artesãs da região. De salientar que a arte têxtil continua a  escrever-se predominantemente no feminino.

No Paço dos Duques encontra-se o projecto Kaunas Biennial que expõe um conjunto de obras onde se alia a alta tecnologia ( tear computadorizado ) a uma temática histórica, tendo como produto final reproduções de grande dimensão de obras clássicas em suporte têxtil. O local da exposição possui uma envolvência muito especial, com a luz a marcar presença de uma forma subtil, criando um efeito dramático na leitura que se faz do trabalho exposto, com o contraste luz/sombra.

No Arquivo Municipal Alfredo Pimenta logo à entrada estão presentes algumas obras de um nome de referência na Arte Têxtil Portuguesa Contemporânea, Gisela Santi.

Apesar de termos visitado a Plataforma das Artes, espaço inaugurado recentemente e que funciona como pólo dinamizador na divulgação de eventos artísticos e culturais, não fizémos o registo fotográfico. Deixo aqui o link para um post muito bem documentado feito pela Ana.

A cidade estava especialmente bonita apesar do dia  nublado e oferecia várias propostas a nível do comércio local, restauração e eventos públicos, com uma afluência de turistas e nacionais bastante grande nas ruas. A repetir daqui a três anos.

3 comentários:

  1. Há tanta coisa a ver e a acontecer em Guimarães, que quando lá estivemos recentemente acabamos por não visitar nenhum dos espaços que recebe a Contextile... que pena! Mas realmente num dia não há tempo para tudo... :)
    Obrigada pelo link para o meu post, Maria!

    ResponderEliminar
  2. Inserido no mesmo tema, está a decorrer o Projecto Remendos do tailandês Lee Mingwei. Já deixei a minha peça de roupa, agora estou a aguardar pela minha obra de arte ^_^


    http://reakt.guimaraes2012.pt/leemingwei

    ResponderEliminar